sábado, 14 de junho de 2008

Primeira ligação ferry Madeira-Continente First ferry Madeira-Portugal mainland


14 de Junho de 2008. Um dia histórico para a Região Autónoma da Madeira, para Portugal, para a Marinha Mercante nacional e sobretudo para os madeirenses, ilhéus, que desde 1978 não tinham navios de passageiros para se deslocarem até ao continente. Graças à iniciativa do armador espanhol António Armas os portugueses, madeirenses e continentais, têm agora, ainda que apenas no verão, a possibilidade de viajarem de navio de e para a Madeira, concretizando o princípio da continuidade territorial, que até aqui, pelo menos por via marítima, o País, esta nação marítima, se tinha esquecido. O desafio é agora repetir a operação para 2009 e estender os meses desta ligação semanal. É por isso mais do que justa a homenagem que o Clube de Entusiastas de Navios prestará ao armador Antonio Armas. Um grupo de sócios do CEN viajará a porto e homenageará a Armas. O primeiro serviço ferry entre a Madeira e o continente surge a bem da mobilidade de todos. Os serviços marítimos ferry coexistem com linhas aéreas, em toda a parte do mundo. Os hábitos adquirem-se. Durante 30 anos esta linha de passageiros não existiu. Por isso, espero, cabe ao armador canariano dar algum tempo até surgirem os primeiros resultados positivos. Finalmente um ferry para o continente, um sentimento geral entre a população madeirense! Afinal navegar é sempre preciso!!!Fotografia de Marcial Fernandes

4 comentários:

Supporter1910 disse...

Concordo plenamente com este novo meio de transporte.
É uma boa alternativa para quem quiser combater a Liberalização dos Transportes Aéreos e o seu preço cada vez mais inflacionado, principalmente pelos estudantes madeirenses na Univ. do Algarve (como é o meu caso); além de podermos usufruir de viagem directa Funchal-Portimão, da possibilidade de levar automóvel ligeiro o preço sai mais em conta mas como não há "bela sem senão", a viagem é um "pouco" mais demorada do que de avião. No entanto é uma alternativa totalmente direccionada para os madeirenses que optem por passar férias no Algarve.

Ysa disse...

Viva!

Realmente uma lufada de ar fresco nas ligações marítimas, uma aposta do armador canário de grande valor.
Parabéns pela iniciativa do CEN em prestar homenagem ao referido armador, merecido sem dúvida, pela sua coragem e entusiasmo ao implementar este trajecto.

Boa viagem!!
Isabel Abreu

Anónimo disse...

É pena as refeições não prestarem para nada são muito caras e não têm qualidade nenhuma.
O ferry devia de desponibilizar umas almofadas para quem dorme nas poltronas e ter cobertores para todos os passageiros já que é uma viagem de 21 horas de Portimão à Madeira.
Para mim foi uma experiência que não penso voltar a repetir....

SV

Maria João Morais_Aveiro disse...

Bom dia, chamo-me Mjoão, sou de Aveiro (Continente)e no final de Setembro viajo para a Madeira com destino final Porto Santo. Podem-me informar como consigo adquirir 2 bilhetes no Ferry Armas e qual o preço?
Obrigada.
Mail de contacto:
mjmorais_31@hotmail.com