terça-feira, 3 de junho de 2008

Blogues do Brasil e de Itália

O mundo da internet tem destas coisas. O interesse, são e verdadeiro, pelos navios e pelo mar também. Entusiastas de navios que se dedicam agora a escrever em sítios da internet (blogs ou sites) trocam links na divulgação do mesmo, os navios. Tem sido com agrado que tenho recebido vários pedidos para a colocação de links neste blog. Destaco aqui dois. Um do Brasil, de uma colega jornalista que um dia fez um cruzeiro, o que acabou na criação de um blog de navios de cruzeiro: diário de bordo. Outro de um entusiasta italiano que já passou pela Madeira em viagens de cruzeiro: MONDOCROCIERE. Quando em 1984 comecei a fotografar os navios contava pelos dedos de um mão quem fazia o mesmo no Funchal. Sentia-me por vezes só neste meu gosto pelos navios. Fui então conhecendo alguns entusiastas que em 1993 deram forma ao Clube de Entusiastas de Navios. Quando comecei a desenvolver este meu interesse pelos navios não havia internet e saber sobre os navios só através de algumas revistas e de alguns jornais. As fontes de informação eram poucas e mais difíceis. Foi por isso fantástico quando conheci a Revista de Marinha, em Fevereiro de 1985. Uma publicação mensal que colaborei a partir de 1988 enviando fotografias e também textos sobre os navios na Madeira. 3 anos depois comecei a escrever na rubrica Tráfego Maritimo do Diário de Notícias da Madeira. Percebi desde logo que o interesse dos madeirenses pelos navios tinha voltado e cativado também os jovens. Surgia também o Clube de Entusiastas de Navios, que reflectia este reavivar do interesse pelos navios, numa associação cultural que procura juntar quem gosta dos navios. O movimento de navios de cruzeiro também foi aumentado em resultado do crescimento no sector. Perante tal e passados 24 anos desde que fotografo e escrevo sobre os navios que perdi, felizmente, a conta das centenas ou milhares de pessoas que hoje vão até à pontinha ou ao cais da cidade para ver de perto os navios. Muito mudou daí para cá. Menos o meu interesse e de tantos pelos navios. Há claramente mais gente interessada nos navios: a vê-los, a fotografá-los, a ler sobre os navios, a fazer cruzeiros e a escrever na internet. Um conjunto de factores gerou esta realidade. É assim aqui, ali ou acolá. Pelo mundo fora. No Brasil e em Itália. Veja-se os entusiastas Sebastian do Brasil e Silvano de Itália. Todos por esta causa marítima!!!

3 comentários:

silvano disse...

Anche la RHAPSODY se ne va !
Grande tristeza e nostalgia

Olá

Silvano

Sebastian disse...

Olá Luis, como vai?

Agradecemos a referência ao Diário de Bordo no Cruzeiros na Madeira.

Também somos entusiastas dos Cruzeiros Marítimos e gostamos muito do seu Blog. Parabéns pelo trabalho!

Bebel Baeta e Sebastian Puglia

lotto online disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.