sexta-feira, 18 de abril de 2008

Sea Cloud e Le Levant no Funchal

3 comentários:

Farinha disse...

Constata-se que os novos navios de cruzeiro são cada vez maiores.
Acontece que pequenos navios de cruzeiro como este, continuarão a existir, e para um segmento de passageiros abonados economicamente.
Aliás o mercado de mega iates em regime charter encontra-se em plena expansão, e o nosso Porto do Funchal perde área portuária com a construção de um grande parque de estacionamento com 1 piso no Cais Norte, o que condicionará evidentemente a segurança (ISPS) dos navios de, cruzeiro, militares ou mega iates e o prolongamento do Cais Norte para Leste (São Lázaro).
Excelente imagem do Le Levant.

Luís Filipe Jardim disse...

Obrigado pelo comentário. Fruto da minha experiência de entusiasta de navios (observando aqui e em outros portos, fotografando e escrevendo), creio que as mudanças que terão de ser feitas no Porto do Funchal devem ser objecto de uma análise integrada sempre sem perder a vocação portuária. Quer isto dizer que o porto terá sempre de ser sempre um porto. Atendendo à transferência das operações de carga para outros portos e terminais, o Funchal terá de ser um porto de vocação de cruzeiros e ferry. Logo em primeiro lugar deve estar a operação em resultado de novos terminais de passageiros. Na pontinha (sul) e no terminal norte. Sempre e tão só. Todo o resto deve ser condicionado a esta operação marítima de passageiros. Longos anos após o fim da carreira de passageiros para o continente e estamos perante o regresso dessa ligação, no verão. Num futuro a curto médio prazo vamos ter certamente mais passageiros em trânsito (ferries para Porto Santo e continente e navios de cruzeiro). Vão ser cada vez mais. Toda a zona portuária terá de estar preparada para receber tanta gente. Um parque de estacionamento (ou mais) é necessário para a zona. Onde? O local escolhido terá sido o melhor? Como vai ficar? Creio que a bem de todos e para pôr fim a qualquer especulação o projecto dveeria de ser apresentado à opinião pública. Quem sabe até ter sido também objecto de discussão pública. A bem de todos... em especial do futuro desta zona. Continuo a dizer que os cruzeiros são o principal desafio do turismo da Madeira, nos tempos mais próximos. O tempo dirá.

online lottery disse...

i'm also into those things. care to give some advice?